Fórum dos Ex-Alunos

FAZENDO DA NOSSA VIDA 
A MENSAGEM DE BHAGAVAN

Bhuvanewari Rajshekar

Foi em 1985, quando eu estava na  oitava série, que ouvi falar de Bhagavan Sri Sathya Sai Baba pela primeira vez, através do meu professor de Hindi. Às vezes, depois que a aula terminava e quando faltavam alguns minutos para o sinal tocar, ele costumava nos contar (algumas meninas sortudas nas carteiras da frente) sobre Swami. 


Entrada de Swami na Minha Vida
Mais tarde, um dia, ele nos convidou para ver as bênçãos e manifestações de Swami. Nós (quatro estudantes) fomos a sua casa e vimos muitos Kumkum (pó de açafrão), Chandan (pó de sândalo) e muitas pequenas estatuetas de diferentes divindades ao redor de seu lugar de Puja. Nossas pequenas mentes ignorantes não conseguiam entender nem um pouco dessa visão divina. No entanto, nos sentimos muito felizes por termos visto algo tão único e maravilhoso. Quando estávamos saindo, ele nos deu pequenos pacotes de Vibhuti e nos disse que era muito sagrado e que deveríamos mantê-lo em segurança em nosso altar. Também nos disse que podíamos misturar água e beber se alguém ficasse doente ou aplicar diariamente como bênção especial de Swami. Recebemos a Prasadam com muita alegria e, ao voltar para casa, compartilhei essa visão especial e abençoada com meus pais e irmãos. Dei a eles os pacotes de Vibhuti, que foram colocados em nosso altar, e deixei por isso mesmo.


Mais tarde naquele ano, um amigo de meu pai veio à nossa casa (Gooty - uma pequena cidade perto de Puttaparthi) vindo de Chennai e levou meu pai junto com ele para Puttaparthi. Meu pai teve o primeiro Darshan de Swami e teve a experiência de testemunhar Swami manifestando um anel cravejado de 9 pedras preciosas para seu amigo. Swami também materializou Vibhuti para o amigo de meu pai e borrifou um pouco sobre ele também. Após a estadia de três a quatro dias, meu pai voltou para casa com as bênçãos de Swami e a foto de Sua Abhaya Hasta (postura de bênção). Ele nos contou todas as belas experiências da primeira vez que esteve com Swami - Sua Divindade, Seu Amor, Sua Graça, Seus Milagres, etc. A partir desse dia, a foto de Swami adornou nossos corações e nosso altar.


Os próximos dois anos se passaram e era hora de eu entrar na faculdade. Através de nossa prima, soubemos sobre o Instituto para mulheres de Swami em Anantapur. Adquiri imediatamente um formulário de admissão, inscrevi-me para o curso de Bacharelado em Ciências, recebi a carta de chamada para o exame de admissão, me apresentei  e fui selecionada adquirindo a oportunidade de ouro de ser uma estudante Sai durante o qual eu entendi Sai como Meu Deus.

 

Sai - Meu Deus

A primeira experiência que testemunhei foi durante nossa visita a Puttaparthi (todos nós fomos levados para receber as bênçãos de Swami no início da sessão em 1987) enquanto aguardávamos o Darshan. A música suave, a atmosfera silenciosa que aguardava a chegada de Swami na varanda aberta foi uma grande nova experiência. Swami deslizou através de nós enquanto recebia cartas de alguns, abençoava outros, conversava e chamava alguns para uma entrevista, etc. Tudo isso era algo bonito e uma experiência totalmente nova para mim. Enquanto eu observava Swami atravessar, notei que um grupo de devotos entrou em absoluto silêncio e disciplina na sala de entrevistas. Dentre eles estava um devoto que foi levado em uma maca. Sendo uma testemunha pela primeira vez

de um incidente desse tipo, fiquei pensando o que tudo isso significava. A essa altura, ouvi minhas amigas dizendo que Swami realizaria um milagre e que o homem seria curado de sua doença e que ele sairia caminhando. Eu não sabia o que era um milagre ou quem era Swami. (Eu não tinha nenhum conhecimento prévio de Swami ou Seus milagres, pois não era aluna de Bal Vikas nem sabia muito sobre Swami). Após cerca de uma hora, os devotos saíram da sala de entrevistas e o devoto que havia sido levado na maca saiu andando. Foi naquele dia que eu acreditei que Bhagavan Sri Sathya Sai Baba é Deus.

Sai - Meu Guru
Tive a oportunidade de conversar com Swami em 1992, durante a entrevista especial das formandas. Perguntei a Swami: "Depois do bacharelado, o que devo fazer"? Swami disse: "Estude Licenciatura". Então, fui novamente abençoada para estudar por mais um ano na faculdade de Swami. Ele me abençoou para ser professora e, com Seu amor e graça, leciono há mais de 25 anos transmitindo conhecimento secular, além de agregar valores aos alunos. Sempre vou recordar com estima meu primeiro curso de verão em Brindavan quando ouvi Swami em Seu Discurso dizendo que nós, como estudantes de Sai, devemos sempre manter as letras SAI na seguinte ordem: SAI primeiro, todos (All) os outros a seguir e eu (I) por último. Naquele dia, não entendi muito sobre a sigla, mas hoje entendo seu significado mais profundo, ou seja, se me render a Sai e ajudar todos os outros, serei a mais feliz das pessoas. 

 

Tenho muita sorte de ter encontrado Swami como meu Guru, que tem me guiado em todas as etapas da vida. Guru é aquele que leva você a Deus. Que presente maravilhoso eu ter Swami como meu Guru e meu Deus! Swami está me guiando desde que saí da universidade e eu tenho feito meu melhor na tentativa de crescer como indivíduo, mantendo os dois principais ensinamentos de Swami: "Ajudar sempre, ferir jamais” e "Ame a todos, sirva a todos”. Swami, meu Guru, tem me orientado a trazer bondade entre os estudantes nos últimos 25 anos. Segue um exemplo.


Isso aconteceu em outubro de 2016. Um aluno da 10ª série em que eu trabalhava foi identificado como inadimplente. Ao investigar, descobri que o pai do garoto os havia deixado quando ele tinha apenas três anos de idade e sua mãe era empregada doméstica. Como ela havia desenvolvido uma doença cardíaca, não podia ir trabalhar e, portanto, ele não era capaz de pagar a mensalidade da escola. Ao ouvir a história do garoto, o único pensamento que tive foi ajudá-lo. Orei para Swami para me mostrar o caminho. Sem perder muito tempo, levei-os ao nosso Centro Sai em Vashi, Navi Mumbai. A médica, depois de ver todos os relatórios, informou que precisava de opinião de especialistas e os guiou à Unidade de Saúde em Dharmakshetra. Em uma investigação mais aprofundada, ela foi informada que precisava de uma cirurgia de substituição da válvula cardíaca e os encaminhou para o Hospital Super Especialidades Sri Sathya Sai, em Rajkot. A cirurgia cardíaca foi marcada para 22 de dezembro. Todos os preparativos para a viagem foram feitos e, com a imensa graça de Swami, a cirurgia foi realizada, e ela se recuperou em 15 dias e voltou para casa sã e salva.
 

Desde então, o aluno faz parte do nosso Samithi e da equipe de jovens. Ele frequenta Puttaparthi durante as férias de maio como Seva Dal e tem recebido o imenso amor e graça de Swami, tendo a oportunidade de servir Seus Pés de Lótus no Sai Kulwant Hall.
O garoto disse: “Me dá imensa alegria servir Swami, pois Ele nos deu (ele tem uma irmã mais nova) nossa mãe de volta. Swami é meu protetor e eu servirei Swami da melhor maneira possível durante toda a minha vida ”. De fato, sou muito abençoada por ter conseguido trazer um de meus alunos para o rebanho de Swami.


Sai - Meu Guia 
Swami diz - eu estou com você, acima, ao seu redor e dentro de você. Eu vivenciei Swami como minha força guia desde que deixei a universidade em 1993. Há muitas ocasiões em que vivenciei Swami como meu guia. Em 1993, nós, o grupo de formandas, estávamos em Prasanthi Nlayam para a entrevista especial de Swami. Ele nos deu um Darshan especial, com Discurso e direito a Padanamaskar. As palavras de ouro de aconselhamento de Swami e as belas mensagens para a vida permanecem gravadas em minha mente. Entre as muitas mensagens profundas, porém simples, que Bhagavan nos deu, lembro-me dessa mensagem vividamente e continuo compartilhando com todas as minhas alunas por seu valor profundo. Swami disse de uma maneira muito divertida da seguinte maneira: “Hoje todas vocês são chamadas de Senhorita... mas depois que vocês saem da faculdade e, no devido tempo, se casam e serão abordadas como Senhoras. Assim, vocês entrarão em novas relações com sogro, sogra, cunhada e cunhado. Mas, queridas estudantes, vocês devem sempre se lembrar que são alunas de Sai e devem desenvolver um grande vínculo de amor e respeito pela nova família, como faria com seus próprios pais e irmãos. Sempre se esforcem para transformar o novo relacionamento de sogro em pai por amor, de sogra em mãe por amor , de cunhado em irmão por amor e de cunhada em irmã por amor ”. Esta linda mensagem dada por nosso querido Senhor tem sido minha palavra de ordem desde que me casei em 1997.


A vida estava fluindo tranquilamente quando, em 2010, perdi minha única irmã por amor (cunhada) em uma morte trágica e fui forçada a ficar em casa, abrindo mão do meu trabalho mais amado como professora. A situação imprevista justificava minha presença em casa para apoiar minha família e a minha mãe por amor (sogra) idosa. O período dos próximos cinco anos foi realmente uma grande experiência de aprendizado na minha vida. Eu a servi como uma filha por amor (nora). Também fui professora autônoma no Veda Pathashala e me envolvi em mais atividades no Samithi Seva. No início de 2015, minha sogra alcançou os pés de lótus de Bhagavan. Nos cinco anos que passei com ela, cresci como indivíduo. Posteriormente, comecei a lecionar e tenho trabalhado com instituições voltadas para educar os alunos de camadas de baixa renda de nossa sociedade. Recentemente, com as imensas bênçãos de Swami, consegui o cargo de diretora de uma Faculdade júnior em nossa localidade. Eu oro a Swami para que Ele esteja comigo e me guie conforme eu prossigo nessa nova função.


Graça Ilimitada
Como mãe, minha sincera oração a Swami era para que nosso único filho também fosse um aluno Sai. Enquanto ele crescia, matriculei-o em Bal Vikas para inculcar nele os valores de Sai. Quando ele estava terminando a 10ª série, nós obtivemos o formulário de admissão de Prasanthi Nilayam para sua série seguinte. O documento devidamente preenchido foi retirado pelo meu filho para certificação do diretor da escola. Como o diretor não estava disponível, ele não conseguiu a assinatura. Conforme o tempo passava, minhas orações se tornaram mais intensas. E então era o último dia, o único dia que faltava para obter o certificado. Como era hora do almoço, comecei a fazer Rotis (Chapatis). De repente, ouvi um aviso interno que dizia: "Tenha cuidado ao fazer esses Rotis". Eu disse a mim mesma: “Ah! O que há para ter cuidado ao fazer esses Rotis diariamente? ”. No entanto, rolei-os com um pouco mais de atenção e fiquei mais atenta ao colocar o primeiro Roti na panela e depois transferi-o para cozinhar na chama. De repente, vi muito claramente a formação de "Hindi OM" no Roti. Pude ver que o OM foi muito bem escrito por uma mão invisível. Fiquei impressionada, surpresa e abençoada por ver esse belo milagre. Com lágrimas nos olhos, tirei o Roti e desliguei o fogo. Com essa experiência, pensei que Swami estava me mostrando um bom sinal e me senti muito satisfeita e esperei que meu filho voltasse da escola. 


Naquele momento, meu filho voltou da escola com uma cara feliz, afirmando que havia obtido a assinatura necessária no formulário de inscrição quando o diretor retornou. Ao ouvir isso, fiquei muito feliz e muito segura de que Swami certamente abençoaria meu filho com uma vaga para a 11ª série. Nós dois agradecemos a Swami por Sua bênção e sentimos o aparecimento do OM como um sinal de Swami de que Ele cuidaria da admissão de meu filho e de seu futuro em seguida. Com a bênção de Swami, ele teve a oportunidade de ouro de estudar a 11ª e 12ª na Escola Secundária Superior Sri Sathya Sai, Prasanthi Nilayam, e foi abençoado por liderar o esquadrão de marchas da 11ª série. Ele também foi o feliz vencedor da Copa do Programa de Caça de Talentos durante o Encontro Anual de Esportes e Cultura - 2015-16.


Ter feito parte do rebanho de Bhagavan foi o melhor presente que meus pais poderia ter me dado. Depois que terminei meu Bacharelado em 1993, pela Faculdade de Anantapur, todos nós ficamos sob a proteção da graça de Swami e experimentamos inúmeros milagres. Ao ouvir de mim a singularidade do Educare de Swami, dois de meus sobrinhos também tiveram a oportunidade de passar como alunos de Swami. Eles se formaram com mestrado e ambos receberam a prestigiada medalha de ouro. No ano passado, meu sobrinho mais novo também se juntou ao Instituto de Ensino Superior. Eu realmente me sinto muito grata a Swami por nos ter abençoado em sermos Seus alunos.


Pela graça divina de Swami, meus pais, eu e meus dois irmãos e nossos filhos, todos tivemos muita sorte de ter experienciado o Darshan (visão do Divino), Sparshan (toque Divino) e Sambhashan (conversa Divina) de Swami. Estamos todos conectados à Organização Sri Sathya Sai de Serviço em nossas respectivas cidades e estamos trabalhando em diferentes atividades de Serviço, tornando nossa vida a Mensagem de Bhagavan. 


- A autora, Smt. Bhuvaneswari Rajshekar, é uma ex-aluna do campus de Anantapur do Instituto de Ensino Superior Sri Sathya Sai.
 

© © 2016-2020 Organização Internacional Sathya Sai do Brasil. Todos os direitos reservados.