Os primeiros devotos Sai do Brasil começaram a surgir em 1981, quando o conceituado professor de Yoga José Hermógenes levou seus alunos para conhecerem locais sagrados da Índia. No final da viagem, o grupo ouviu falar sobre Sathya Sai Baba e parte dos alunos demonstrou interesse em ir até a cidade de Putthaparthi para conhecê-lo.

 

Os que visitaram o ashram puderam ver o Avatar apenas durante um darshan mas, mesmo assim, alguns ficaram profundamente impressionados.

 

Em 1985, algumas pessoas interessadas nos ensinamentos de Baba começaram a se reunir na academia de yoga, sempre na última sexta-feira do mês, para ler e comentar textos de Swami, além de ouvir canções devocionais trazidas da Índia.

 

Em 1986, os integrantes do grupo empreenderam sua primeira viagem “oficial” a Putthaparthi, já se considerando como “devotos de Sai”. Os brasileiros permaneceram no Ashram por sete dias e foram convidados por Sai Baba para uma entrevista. Eles estavam preocupados em saber se suas reuniões vinham sendo realizadas adequadamente. Mas Swami os tranqüilizou, dizendo amorosamente: “Eu sei. O trabalho está bom. Continuem. Continuem.” E enfatizou: “Continuem”.

 

De volta ao Brasil, estimulados pela aprovação de Baba, resolveram se dividir em dois grupos. Alguns continuaram se reunindo na academia e outros passaram a se encontrar na casa de uma devota, em Santa Tereza.

 

Em 1987, o grupo da academia empreendeu uma nova viagem ao Ashram. Durante este período, fizeram contato com o Conselho Central da América Latina e pediram autorização para levar adiante a idéia de estabelecer oficialmente o então chamado “Movimento Sai” em nosso país, fundando o primeiro Centro Sai do Brasil. Foram orientados a encontrar um local para instalar o Centro, separado da academia de Yoga. Esta decisão foi formalizada durante um encontro realizado em maio de 1987, na cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro, com a participação de cerca de 50 pessoas.

 

A inauguração do Centro aconteceu no dia 27 de junho em 1987 e foi denominado Centro Bhagavan Sri Sathya Sai Baba do Rio de Janeiro. Mas apesar de seu nome oficial, acabou ficando informalmente conhecido como Centro Sathya Sai de Vila Isabel, devido ao bairro de sua localização.

 

Em 1989, foi eleito o primeiro Comitê Coordenador Brasileiro, para um mandato de dois anos. Graças ao trabalho destes devotos, que promoviam encontros e palestras em vários Estados, o nome de Sathya Sai Baba começou a se espalhar pelo Brasil.

No mesmo ano, a Cidade de São Paulo ganhou seu primeiro Centro Sai, localizado no bairro Jardim América. O trabalho deste Centro não teve continuidade, mas, ainda em 1989, surgiram dois novos grupos no Brasil: um na cidade de Goiânia, região Central do País, outro em Niterói, no Rio de Janeiro.

 

No final de 1990, um novo Centro surgiu na cidade do Rio de Janeiro: alguns devotos vindos do Centro de Vila Isabel e os do grupo de Santa Tereza fundaram o Centro Sri Sathya Sai de Copacabana, que continua em funcionamento até hoje.

Em maio de 1991, a Organização Sai do Brasil promoveu seu primeiro seminário. Na ocasião, ocorreram diversos fatos importantes: a seleção de um novo Comitê Coordenador, a criação da Fundação Sri Sathya Sai Baba do Brasil e o estabelecimento de uma Área de Publicações. Neste mesmo ano, os grupos de Goiânia e Niterói foram oficialmente transformados em Centros. Ambos continuam em atividade.

 

Nos anos seguintes, o segundo Comitê Coordenador eleito implementou diversas iniciativas. Em 1992, foi realizado o Primeiro Congresso Nacional da Organização Sai, com a presença de mais de 200 participantes. Como resultado do Congresso, novos grupos de devotos surgiram no país.

 

Em 1993, a Área de Serviço da Organização iniciou o trabalho voluntário com um grupo de crianças carentes, atuando em uma casa emprestada, na Rua Torres Homem, em Vila Isabel.

 

Dois anos mais tarde, estas atividades foram transferidas para um imóvel na rua Senador Nabuco, 304, adquirido graças ao empenho de um grupo de devotos. Foi neste local que, a partir de 1998, começou a funcionar a primeira Escola Sathya Sai do Brasil - e terceira em todo o mundo a ser criada fora da Índia.

 

O trabalho da Escola Sathya Sai de Vila Isabel inspirou diversos projetos de Educação em Valores Humanos espalhados por todo o país e culminou, em setembro de 2000, na criação do Instituto Sri Sathya Sai de Educação do Brasil, que foi instalado inicialmente  na cidade de São Paulo (desde 23 de agosto de 2003, em Ribeirão Preto - SP). Em novembro de 2000, parte da diretoria do Instituto participou da I Conferência Mundial de Educação em Valores Humanos, realizada na Índia, aos pés de Swami. Na ocasião, Sai Baba autorizou a criação da Escola Sai de Ribeirão Preto (SP), cujo início das atividades ocorreu em março/2003.

História da Organização no Brasil

© © 2016-2019 Organização Internacional Sathya Sai do Brasil. Todos os direitos reservados.