Celebrações em Prasanthi Nilayam

O FESTIVAL DO GURU PURNIMA 

Profundo fervor devocional marcou a celebração do sagrado festival do Guru Purnima em Prashanti Nilayam no dia 27 de julho de 2018. A programação teve início às oito e meia da manhã, com o oferecimento de auspiciosas melodias de nadaswaram (Instrumento musical indiano de sopro) e panchavadyam  por dois grupos de alunos do Instituto Sri Sathya Sai de Ensino Superior. Em seguida, para expressar a sua devoção e gratidão a Bhagavan Sri Sathya Sai Baba, seu Verdadeiro Mestre (Sadguru), os estudantes Lhe ofereceram homenagens musicais sob a forma de adoração ao Guru (Guru Vandana), compreendendo cânticos devocionais, hinos (stotras) e um número de dança.

Equipe de estudantes tocando nadaswaram e oferecendo seus tributos musicais a Bhagavan.

Seguiram-se duas palestras ministradas por eminentes oradores. O primeiro foi o Sr. S. S. Naganand, curador do Fundo Central Sri Sathya Sai, que teceu reflexões sobre o real significado da palavra “guru” e observou que o genuíno guru era aquele que removia a escuridão da ignorância existente no homem, transmitindo-lhe o esclarecimento que o levaria a reconhecer a sua verdadeira identidade. Afirmou ainda que Bhagavan era o Sadguru que exortava todos a trilhar o caminho para Deus. O segundo palestrante, o Sr. Nimish Pandya, presidente da Organização de Serviço Sri Sathya Sai de toda a Índia, incentivou os devotos a instalar Bhagavan em seus corações e a realizar todas as ações sob a Sua orientação. Descreveu algumas das notáveis iniciativas da Organização Sai e depois anunciou os nomes dos vencedores do concurso de redação de ensaios realizado pela Organização Sai, em consonância com o projeto educacional Vidya Jyoti, os quais receberam medalhas e certificados.


Sucedeu-se, então, um Discurso Divino de Bhagavan, no qual Ele afirmou que tudo o que se via no mundo nada mais era além de Brahman, e que o homem devia reconhecer que era a encarnação de Brahman, a sua verdadeira identidade.


A programação vespertina começou com uma elucidativa palestra proferida pelo Dr. Narendranath Reddy, presidente do Conselho da Prashanti da Organização Sathya Sai Internacional, que discorreu sobre o significado da celebração do Guru Purnima e enfatizou a importância de se cultivar uma fé inabalável impregnada de puro amor a Deus para se atingir a meta da vida.


O último número da programação foi um concerto de música carnática (gênero de música clássica do Sul da Índia) regido pela Sr.ª Vasudha Ravi, renomada musicista de Chennai. Acompanhada por talentosos cantores e músicos, ela iniciou o seu concerto com uma oração cantada em louvor ao Senhor Ganesha e depois ofereceu uma reverente homenagem musical a Bhagavan Baba, que consistiu de envolventes canções carnáticas, incluindo Gurulekha Etuvanti Guniki Teliyaga Podu (“Sem a Graça de Deus, ninguém conhecerá, por mais virtuoso que seja!”), Muddu Gare Yashoda Mungita Muthyamu Vidu  (“Ele é a pérola do pátio de Yashoda, que derrama Amor!”) e Sri Ramachandra Sharanam Prapasdyoti (“Eu me refugio no Senhor Rama”). Seguiram-se bhajans e o encerramento com o arati .

PEREGRINAÇÃO DE DEVOTOS DE TAMIL NADU

Como parte dessa peregrinação, crianças do programa de Bal Vikas (denominação dada à Educação Espiritual Sai para crianças na Índia) e jovens de Tamil Nadu encenaram uma peça no Sai Kulwant Hall em 28 de julho de 2018. Intitulada “Sri Sathya Sai, Deus da Universalidade”, a peça apresentou, em dez episódios distintos, algumas das mais belas histórias da época de Buddha e de Jesus, tal como Bhagavan as havia narrado, além de algumas das mais notáveis histórias de transformação extraídas da ilustre vida de Sri Sathya Sai Baba. Devido à nobreza do tema e à excelente atuação do elenco, a apresentação foi impressionante. Após a entoação de bhajans, a programação vespertina foi encerrada com o arati.

Cena da peça "Sri Sathya Sai - Deus da Universalidade".

PROGRAMAÇÃO MUSICAL DO GRUPO DE PEREGRINAÇÃO EUROPEU

No dia 1º de agosto de 2018, o Grupo de Peregrinação Europeu, representando 22 países da Organização Sathya Sai Internacional, apresentou uma emocionante programação de música devocional em Prashanti Nilayam. Conduzido por Dana Gillespie, cantora mundialmente renomada, o Grupo de Peregrinação interpretou canções vibrantes e melodiosas que tiveram um efeito arrebatador sobre a audiência. Algumas dessas canções foram: “Eu tinha algumas perguntas, Tu tinhas a resposta”; “O Verdadeiro Amor É uma Arte”; “A Vida Pode Ser um Caminho Traiçoeiro, Mas Eu Não Resvalarei” e “Comece o Dia com Amor” . Seguiram-se bhajans e o encerramento com o arati.

Oferenda de músicas devocionais pelo grupo de peregrinação europeu, representando 22 países.

PEREGRINAÇÃO DE DEVOTOS DE TELANGANA, HARYANA E CHANDIGARH

Grande número de devotos dos Estados de Telangana (distrito de Ranga Reddy), Haryana e Chandigarh veio a Prashanti Nilayam para desfrutar da atmosfera divina dos seus sagrados recintos e, no decorrer das respectivas peregrinações, ou seja, de 4 a 5 e de 7 a 8 de agosto de 2018, apresentou uma série de programações musicais e culturais.


Em 4 de agosto, primeiro dia da peregrinação dos devotos de Ranga Reddy, Telangana, crianças do programa de Bal Vikas desse distrito exibiram um número de balé musicado intitulado Paripurana Avatar Sri Sathya Sai (“Sai, a Encarnação Plena”), que compreendeu um conjunto de belas danças em louvor ao Senhor Rama, ao Senhor Krishna e a Bhagavan Sri Sathya Sai Baba.


Em 5 de agosto, segundo dia da sua peregrinação a Parthi (Parthi yatra), rapazes e moças da Juventude Sai do mesmo distrito apresentaram uma programação de música devocional que representou a oferenda de um suntuoso banquete de melodias divinas, dentre as quais se incluíam Sai Charan Sathya Sai Charan (“Os Pés de Lótus de Sai”), Sri Rama Charan Anita Madhuram (“Quão Doces São os Pés de Lótus do Senhor Rama”) e Ishvar Sundar Rup (“A Forma de Deus É a Mais Formosa”).

Número de dança pelos alunos de Bal Vikas do distrito de Ranga Reddy, em Telangana. 

Em 7 de agosto, primeiro dia da Parthi yatra dos devotos de Haryana e Chandigarh, crianças do programa de Bal Vikas de Shahabad Markanda (distrito de Kurukshetra) encenaram a peça temática Transformando o Ser para Transformar o Mundo, que, por meio da história de Vivek, um jovem Sai ideal, mostrou que a transformação individual poderia levar à transformação mundial, e que a energia divina do amor, começando pela autotransformação, poderia transformar o mundo inteiro, tal como exemplificado por Bhagavan Baba em Sua vida.


No dia seguinte, a Juventude Sai de Haryana e Chandigarh ofereceu a segunda programação, a que deram o nome de Sai Sur Sandhya (“Uma noite de cânticos dedicados a Sai”). Iniciando o seu vibrante concerto com uma oração cantada em louvor ao Senhor Ganesha, os cantores e músicos inundaram todo o ambiente de melodia e música, transportando a audiência a um plano mais elevado por meio de canções devocionais que incluíram Krishna Tere Naina (“Ó Krishna, Encantadores São os Teus Olhos”), um cântico sufista (qawali) intitulado Sai Ke Rang Dini Odhini (“Tingi a Minha Veste da Cor de Sai”) e uma retumbante canção do Punjab. Seguiram-se bhajans conduzidos por moças da Juventude Sai de Haryana e Chandigarh.

Peça temática pelas crianças de Bal Vikas de Haryana e Chandigarh.

O 72º ANIVERSÁRIO DA INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA

O espírito da luta pela libertação da Índia reviveu quando alunos de pós-graduação do Instituto Sri Sathya Sai de Ensino Superior, campus Prashanti Nilayam, encenaram a peça patriótica “Tiranga: uma Canção de Heróis Não Cantados”, por ocasião do 72º Aniversário da Independência da Índia, em 15 de agosto de 2018. Descrevendo uma série de episódios ocorridos durante a luta pela libertação, a peça mostrou a força da cultura e dos valores da Índia, que uniu todos os indianos, sem distinção de casta, credo ou religião, em torno da meta que era a Independência, conquistada em 15 de agosto de 1947. Seguiu-se a exibição de um vídeo de curta duração, que retratou várias cenas da luta pela liberdade na Índia, o que acrescentou maior impacto à peça.

PROGRAMA DE SOLIDARIEDADE À POPULAÇÃO ATINGIDA PELAS ENCHENTES EM KERALA

Em 24 de agosto de 2018, por ocasião do sagrado Festival de Onam , organizou-se no Sai Kulwant Hall um programa de solidariedade ao povo de Kerala, que tem passado por muito sofrimento devido às enchentes sem precedentes que causaram grande devastação em todo o estado. O primeiro tópico do programa constou de uma palestra proferida pelo Prof. Mudigonda Virabhadraiah, ex-editor da revista Sanathana Sarathi (em télugo) e professor honorário aposentado do Instituto Sri Sathya Sai de Ensino Superior. Falando sobre o tema “O significado do Onam”, o douto orador observou que esse era um festival ímpar entre todos os demais, pois ensinava ao homem o caminho da liberação por meio da entrega do seu ego a Deus.


O palestrante seguinte, o Sr. G. R. S. C. V. Prasada Rao, chamou a atenção da plateia para os imensos danos causados pelas enchentes e observou que o programa não era uma celebração e sim um encontro de oração para implorar a Bhagavan que aliviasse o sofrimento do povo de Kerala. Após fornecer detalhes sobre as operações de resgate e assistência conduzidas por voluntários da Organização de Serviço Sri Sathya Sai, mostrou como a Fundação Central Sri Sathya Sai estava monitorando os suprimentos de artigos de auxílio, tais como alimentos, roupas e outros itens de primeira necessidade, nas áreas atingidas e providenciando toda a ajuda à Organização Sai de Kerala para enfrentar essa situação difícil.


O último tópico do programa consistiu na exibição de um vídeo de um Discurso proferido por Bhagavan sobre o Festival de Onam, no qual Ele reiterava a importância do sacrifício e da caridade, ressaltando que o rei Bali Chakravarthy havia realizado o maior dos sacrifícios – o de oferecer a si próprio a Deus, que viera até ele sob a forma de Vamana (o quinto dos dez principais Avatares ou Encarnações Divinas do Senhor Vishnu). Seguiram-se bhajans e o encerramento com o arati.

© © 2016-2019 Organização Internacional Sathya Sai do Brasil. Todos os direitos reservados.