Pensamento para o dia - janeiro 2021

1° de janeiro de 2021

Você deve semear a semente do amor em todos os corações sem amor. Regue-os com amor. Deixe o amor fluir em uma inundação e alcançar a todos. O homem moderno direciona seu amor para objetos mundanos e se envolve em várias complicações. O amor vive dando e perdoando; o ego vive recebendo e esquecendo. Cultive o amor altruísta. Ame a todos. Deixe os outros pensarem o que quiserem. Não há necessidade de temer ninguém. Torne seu amor puro. Então o mundo inteiro se tornará puro. Reze pelo bem-estar de todos e leve uma vida ideal. A vida humana não lhe é presenteada para você desejar objetos mundanos. Estabeleça um ideal para o mundo inteiro. Qual é o ideal que você tem que estabelecer? Você deve ajudar a todos ao máximo de sua capacidade. A melhor maneira de amar a Deus é amar a todos e servir a todos. Adotando o serviço e o amor como seus ideais, comece uma nova vida a partir deste momento - esta é a Minha bênção e Minha bendição para você! (Divino Discurso, 1º de janeiro de 2000)

Sri Sathya Sai Baba

2 de janeiro de 2021

Cada segundo é o nascimento de um novo ano. Segundos somam a minutos, minutos a horas, horas a dias, dias a meses e meses a anos. Assim, não há nenhuma santidade particular sobre o início ou o fim de um ano. Há pessoas que atribuem um significado especial até hoje e especulam sobre alguns eventos extraordinários ou incríveis que irão acontecer. A hora ou data não são a causa de sua felicidade ou miséria. Suas próprias ações (Karma) no passado são a causa tanto de sua felicidade como da miséria. Assim como é a semente, serão a planta e o fruto; eles não podem ser diferentes. Não desperdice sua energia mental em especulações sobre este ou aquele acontecimento! Personificações do Amor! Quando as ações realizadas por você são adequadas e puras, você só terá bons resultados! Deus é o mestre do tempo. Ele transcende o tempo. Deus deve ser sua primeira prioridade! Cultive o amor puro, firme e altruísta no Ano Novo! (Divino Discurso, 1º de janeiro de 2000)

Sri Sathya Sai Baba

3 de janeiro de 2021

De que adianta uma montanha de conhecimento baseado nos livros, se você não pode garantir a felicidade real como ser humano? Será que Deus não cuidará do homem se ele colocar fé no Divino? O que é alcançado pela preocupação incessante em ganhar a vida e esquecer o Senhor que permeia tudo? A essência da educação consiste no cultivo de boas qualidades e desenvolvimento de valores certos para uma vida significativa. Todos clamam pela paz dizendo: "Eu quero paz." Mas a paz pode ser encontrada no mundo externo o qual só está cheio de peças, de objetos? A paz tem que ser encontrada dentro de si mesmo, se livrando do "eu" e do "desejo". A paz é destruída pelo ego e por desejos insaciáveis. Contenha seus desejos. O homem é assombrado por intermináveis preocupações de muitos tipos. Somente voltando sua mente para Deus, ele pode se livrar das preocupações. As pessoas têm que reduzir os desejos e cultivar o desapego (vairagya) para que possam ter verdadeira paz de espírito. (Discurso Divino, 1º de janeiro de 2000).

Sri Sathya Sai Baba

4 de janeiro de 2021

Enquanto o Senhor está sempre ao lado, as pessoas estão ocupadas procurando por Deus em todo o mundo! Explorando o externo, você nunca pode purificar o interno. É essencial transformar sua consciência. Retifique sua conduta e ações, pois tudo depende de suas ações. Aderindo ao caminho íntegro com um coração puro, você tem que divinizar sua vida. Todas as orações, japas e pujas que são oferecidas são destinadas apenas a purificar o coração. Todos aqueles que alcançaram a grandeza em qualquer campo, seja a educação ou a ciência foram capazes de fazê-lo apenas por causa de sua conduta. Nem a força física nem a riqueza, nem mesmo a habilidade intelectual podem fazer uma pessoa respeitada e honrada. É a maneira como se vive que confere honra e dignidade à pessoa. Se você abriga pensamentos íntegros, você vai perceber que todos vocês estão na casa de Deus. O universo inteiro é uma mansão de Deus! Uma vez que você percebe essa verdade, como pode surgir alguma diferença? (Discurso Divino, 25 de dezembro de 1989)

Sri Sathya Sai Baba

5 de janeiro de 2021

A divindade está presente em todos de forma não manifesta. Todo homem é a personificação do Divino Sat-Chit-Ananda (Ser-Consciência-Bem-aventurança). Isso foi descrito categoricamente na Bhagavad Gita. Assim como Deus é a personificação do amor, o homem também é uma personificação do amor. Mas o homem de hoje não manifesta isso plena e adequadamente por causa do seu egoísmo e egocentrismo. Embora a humanidade tenha avançado consideravelmente nas esferas material e científica, ela caiu gravemente moral e espiritualmente. O egoísmo é predominante em todas as ações. Por trás de cada pensamento e cada palavra, o interesse próprio é proeminente. Somente quando esse egoísmo for erradicado, a Divindade poderá se revelar. Na prestação de seva (serviço), deve haver um reconhecimento da onipresença do Divino em todos os seres humanos. Os homens não desenvolveram o espírito de tyaga (sacrifício) ou de aversão a bhoga (prazeres sensuais). O verdadeiro serviço exige um espírito de sacrifício. O sacrifício foi declarado como sendo o único meio para alcançar a imortalidade. (Discurso Divino, 23 de março de 1989)

Sri Sathya Sai Baba

6 de janeiro de 2021

As pessoas parecem estar em busca de Deus. Elas não percebem que tudo o que veem é permeado por Deus. Todas as formas são Divinas. Mas como sua visão é voltada para fora, elas são incapazes de ter a visão interior do Divino. O homem anseia pela paz. Embora a fonte de paz e bem-aventurança esteja dentro de si mesmo, ele as procura no exterior, como alguém perseguindo uma miragem. Devido às atividades incessantes, preocupações sem fim e desejos ilimitados, o homem perdeu a paz de espírito e tornou-se uma presa do descontentamento e da miséria. No início, a paz tem que ser cultivada dentro de nós mesmos. E, então, essa paz tem que ser estendida à família. Da casa, deve se espalhar para nossa aldeia. Assim, a paz deve começar pelo indivíduo e se espalhar para toda a sociedade. Você tem que se envolver em serviço, evitando todo traço de ahamkara (presunção). Nossa degradação é o resultado de esquecer Deus. Quando nos lembrarmos de Deus, nossa vida estará cheia de paz e felicidade! (Discurso Divino, 23 de Março de 1989)

Sri Sathya Sai Baba

7 de janeiro de 2021

A Educação Espiritual Sai é a principal base do grande movimento para restaurar a retidão no mundo. Os mais velhos já estão avançados em seus caminhos e é difícil esperar mudanças em seus hábitos e atitudes. As crianças precisam ser levadas a boas formas de viver, à simplicidade, humildade e disciplina. Através do exemplo de crianças brilhantes, alegres e cooperativas das aulas de Educação Espiritual, muitos pais têm que ser persuadidos amorosamente a também enviar seus filhos para essas aulas. Como se sabe, você não pode atrair as crianças para o seu lado se você segurar uma vara em sua mão; você terá que segurar alguns doces em vez disso. Então, os professores têm que ser personificações de amor e paciência. O ideal da Educação Espiritual Sai é criar uma geração de meninos e meninas que têm a consciência limpa e clara. O verdadeiro currículo escolar não é tão importante quanto a criação de uma atmosfera onde hábitos e ideais nobres podem crescer e frutificar. (Discurso Divino, 6 de junho de 1978)

Sri Sathya Sai Baba

8 de janeiro de 2021

Personificações do amor! Onde quer que vocês estejam, sejam quais forem as circunstância em que se encontrem, jamais se esqueçam de Deus. Sarvada sarva kaleshu sarvatra Hari chintanan (Sempre, todo o tempo, sob todas as circunstâncias, faça a contemplação sobre Deus). Seja qual for a atividade que você realize, dedique-a a Deus. Todas as faculdades do seu corpo são os presentes de Deus. Na verdade, a Divindade permeia cada centímetro, cada célula e cada átomo do seu corpo. Se você desperdiça tal poder divino, isso resulta em sacrilégio. Ofereçam seu corpo, sua mente, seu intelecto, na realidade, tudo o que é seu, a Deus! Os jogos que você joga não podem ficar limitados a um dia. Na verdade, a Vida é um jogo. Jogue-o. Unidade é divindade.  E essa unidade deve estar refletida em tudo o que você fizer, em tudo o que você falar, em tudo o que você pensar - em cada aspecto de sua vida. Essa é a verdadeira cultura dos Bharatiyas (Indianos). (Divino discurso, 14 de janeiro de 2003).

Sri Sathya Sai Baba

9 de janeiro de 2021

Lembre-se em qual estado de espírito Hanuman, o macaco, servia a Sri Rama. Hanuman foi descrito como 'tranquilo, virtuoso e forte'. Tal indivíduo, quando estava numa árvore no Ashokavana em Lanka, foi questionado pelos demônios (rakshasas) querendo saber quem era ele e de onde vinha. Hanuman respondeu: "Dasoham Kausalendrasya (Eu sou o servo de Sri Rama, o Filho de Kausalya)”. Ele não se vangloriava sobre seu valor nem sobre seus conhecimentos. Ele estava contente em se descrever como o humilde e devotado servo de Rama. Mantenha em mente a seguinte máxima: "Não sendo um kinkara (aquele que está pronto para executar a ordem do Senhor) você não pode se tornar Shankara (Divino). Você deve transformar sua vida através do serviço. Você não deve dar espaço à arrogância ou ao interesse próprio, por menor que seja, em suas atividades de serviço. Instale no seu coração o sentimento de que o serviço que você presta a qualquer um é serviço prestado a Deus. Somente então o serviço ao homem se torna serviço a Madhava (Deus). (Divino Discurso, 23 de março de 1989)

Sri Sathya Sai Baba

10 de janeiro de 2021

Todos os objetos na natureza são transitórios. Eles atraem o homem e o iludem. Os objetos que são temporários na natureza darão apenas felicidade momentânea. Os Vedas falam sobre o princípio do ritam, que simboliza a verdade que é imutável. Todos os objetos mundanos sofrem mudanças. Quando você desenvolver ritam, você será capaz de entender a imutável e eterna Divindade. Você pode perguntar: "Como posso ter a visão de Deus?" Oh, homem! Você não precisa procurar por Deus! Onde quer que você olhe, Ele está lá. Ele está impregnado em todos os objetos. Você é incapaz de vê-Lo porque você está iludido por aparências externas. Na verdade, você mesmo é Deus. Assim, os Vedas exortam o homem a desenvolver a fé de que: "Eu sou Deus e Deus não é ninguém mais além de mim mesmo." Nomes e formas são muitos, mas Deus é um. Sarvam khalvidam Brahma (na verdade, tudo isso é Brahman). Tal unidade na Divindade tem que ser conscientizada. Satsang significa experiência de unidade. (Discurso Divino, 1º de março de 2003)

Sri Sathya Sai Baba

11 de janeiro de 2021

Um verdadeiro estudante é aquele que alcança a excelência nos campos moral, social e espiritual. Não se deve lutar apenas por força física e felicidade. Deve-se esforçar muito pelo controle da mente. Aquele que se torna um escravo da mente está fadado a ficar fraco, por mais poderoso que seja. Então, você deve tornar a mente sua escrava. O poder da mente é sem par. É da mente que as virtudes mais preciosas se originam. Se a riqueza for perdida, ela pode ser conquistada novamente. Se a saúde for perdida, ela pode ser restaurada com a ajuda de um médico eficiente. Mas se os valores humanos são perdidos, a vida humana se torna um desperdício. Os valores humanos são a necessidade de agora. Eles não podem ser adquiridos apenas a partir de textos sagrados, nem podem ser transmitidos por preceptores cultos. Eles são originários de dentro. Quando desenvolvermos pensamentos nobres e seguirmos o caminho da verdade em nossa vida cotidiana, os valores humanos florescerão em nós e nos protegerão sob todas as circunstâncias. (Discurso Divino, 14 de janeiro de 2003)

Sri Sathya Sai Baba

12 de janeiro de 2021

Nascido na sociedade, criado na sociedade, educado pela sociedade e recebendo inúmeros benefícios da sociedade, o que você está fazendo pela sociedade? O serviço social deve ser considerado uma expressão de gratidão à sociedade pelo que ela nos proporcionou. Sem a sociedade, não podemos sobreviver. As mulheres deveriam tratar até mesmo suas tarefas diárias como uma forma de trabalho concentrado. Se elas não podem comparecer a um satsang (congregação espiritual) por conta dos deveres domésticos, elas não devem se sentir infelizes por conta disso. Cumprir as tarefas domésticas em casa é tão sagrado quanto assistir a um satsang. Somente se você fizer suas funções em casa corretamente, você será capaz de prestar o serviço adequado fora. Para qualquer trabalho que você faça em casa, seja varrendo o chão ou fazendo chapatis (pão achatado indiano), converta-o em uma forma de exercício espiritual. Infunda cada ação com amor ao Divino e dedique-a a Deus. (Discurso Divino, 23 de março de 1989)

Sri Sathya Sai Baba

13 de janeiro de 2021

A visão do homem não deve ser limitada apenas a objetos externos e coisas mundanas, que são transitórias e perecíveis. O homem recebeu essa visão para que ele possa ver a Consciência Divina pura e sagrada que permanece em seu coração. O movimento do Sol em direção ao norte (Uttarayana) é a ocasião apropriada para desenvolver essa visão interior. Este é o majestoso caminho para o aspirante espiritual se conscientizar do Supremo. A partir de hoje, o Sol se reveste de um aspecto pacífico e agradável. Não basta, portanto, meramente reconhecer o movimento do Sol para o norte neste período. Todos os esforços devem ser feitos para direcionar a visão para dentro em direção ao puro e sagrado Eu que ali habita. Este é o período para valorizar pensamentos sagrados e realizar atos sagrados. Os sábios e visionários dos tempos antigos costumavam esperar a chegada dos Uttarayana para embarcar em suas tarefas sagradas. (Discurso Divino, 14 de janeiro de 1994)

Sri Sathya Sai Baba

14 de janeiro de 2021

Hoje é o festival Pongal em Tamil Nadu. É o dia de Uttarayana, quando o Sol se volta  diariamente cada vez mais para o norte por um período de seis meses, que é considerado mais sagrado do que os outros seis meses. Pongal significa ferver, transbordar o leite pela fervura, ou seja, o coração deve transbordar com prazer diante das grandes lições que o Uttarayana nos ensina. O Sol é a divindade do olho, bem como do intelecto, e quando o Sol se vira para o norte, também devemos decidir voltar-nos para o caminho sagrado de Deus - a percepção de Deus. Quando Arjuna e Duryodhana estavam juntos com Sri Krishna para buscar Sua ajuda durante a guerra de Kurukshetra, Arjuna escolheu o caminho de Deus, enquanto Duryodhana preferiu o caminho do poder material. Quanto mais riquezas você acumula, mais vinculado você se torna e você entra em mais preocupação, ansiedade e medo. Se alguém tem Deus de um lado, o que não se pode alcançar! (Discurso Divino, 15 de janeiro de 1979)

Sri Sathya Sai Baba

15 de janeiro de 2021

Você deve se encher de pensamentos sagrados. Esse é o propósito dos festivais sagrados. Sankramana é o momento em que a jornada interior em direção a um coração puro e imaculado é feita. Assim como o Sol embarca em sua jornada para o norte, Sankranti é o dia em que o intelecto deve se voltar para o Atma para a Autopercepção de sua Divindade. Homens e mulheres têm que mudar sua visão, seus pensamentos, suas palavras e sua conduta. Este é o significado de Sankramana. A menos que você se purifique, o que qualquer número de Sankrantis pode significar para você? Sankranti promove a transformação mental. Ilumina a mente das pessoas. Induz ao desdobramento de sentimentos mais íntimos. Traz a manifestação do Atma invisível dentro de todos. Sankranti está imbuído de tão imenso significado. Sankranti deve ser saudado como o prenúncio da unidade e da paz. Esta foi uma mensagem imemorial dos Vedas. (Discurso Divino, 15 de janeiro de 1996)

Sri Sathya Sai Baba

16 de janeiro de 2021

Penitência não significa se retirar na floresta e viver de frutas e tubérculos. Na verdade, tal vida pode ser chamada de vida de tamas (tédio) e não de penitência (tapas). A verdadeira penitência reside no controle das emoções, pensamentos, palavras e ações surgidas de qualidades sátvicas, rajásicas e tamásicas. Deve-se meditar em Deus o tempo todo e alcançar harmonia em pensamentos, palavras e atos. Só é nobre aquele cujos pensamentos, palavras e ações estão em completa harmonia. Não se deixe levar pela dor ou prazer. A Bhagavad Gita ensina: Sukha Dukhe Same Kruthvaa Labhaa Labhaou Jaya Jayou - Deve-se ter a mente inalterada, seja em felicidade ou tristeza, ganho ou perda, vitória ou derrota. Deve-se cumprir seu dever e servir à sociedade sem qualquer expectativa de recompensa. Tal mentalidade inalterada e estado livre de desejos é a verdadeira penitência. (Discurso Divino, 22 de agosto de 2000)

Sri Sathya Sai Baba

17 de janeiro de 2021

Todo mundo tem cinco conselheiros na vida. Eles são quem, quando, o quê, onde e como. Antes de realizar qualquer ação, as respostas devem ser obtidas para essas cinco perguntas. Quando as respostas corretas forem obtidas, as ações baseadas nelas estarão certas. As pessoas hoje agem sem se preocupar com esses fatores. Nesta matéria, todos podem confiar em seu próprio julgamento usando seus poderes de observação e discernimento. Todos os instrumentos para esta finalidade estão disponíveis para todos em seus órgãos de percepção e ação. Em cada membro e órgão há um poder divino. Essa potência divina é chamada de Angirasa. O nome é derivado do fato de que o Divino está presente em cada Anga (membro) como um Rasa (essência). Não há necessidade de procurar o Divino fora de si mesmo. Você é divino. Todos os seus poderes são potências Divinas! Sua vida deve ser baseada na verdade e na retidão. Desenvolva a convicção de que o que quer que aconteça com você é para sempre. (Discurso Divino, 14 de janeiro de 1997)

Sri Sathya Sai Baba

18 de janeiro de 2021

As pessoas devem tomar muito cuidado para que seus sentidos não se desviem e cometam ofensas. Pensar o mal, falar o mal e ver o mal pode invariavelmente levar à ruína total. Por exemplo, no Mahabharata, Duryodhana tinha pensamentos malignos sobre os Pandavas, e no final ele trouxe destruição sobre toda a sua família. O Ramayana tinha a história de Kaikeyi, que ouviu o conselho maligno de Manthara e assim perdeu não só seu marido, mas também a consideração e amor de seu filho Bharata. Ninguém hoje gosta de ser conhecido pelo nome desses infames personagens Duryodhana, Keechaka ou Ravana. Mas embora seus nomes não sejam preferidos, a humanidade não desistiu das más qualidades associadas a eles. Esforce-se para desistir de olhares malignos, de discursos maldosos e da ânsia de dar ouvidos a conselhos malignos e fofocas caluniosas. (Discurso Divino, 22 de maio de 1986)

Sri Sathya Sai Baba

19 de janeiro de 2021

É verdade que saúde é riqueza. Dharmarthakamamokshanam arogyam mulamutthamam - A saúde é o requisito fundamental para se alcançar os quatro objetivos da vida humana, ou seja, dharma (retidão), artha (riqueza), kama (desejo) e moksha (libertação). No entanto, uma vez que você atinge o estado de bem-aventurança, você sempre pode desfrutar de uma boa saúde. O homem está iludido com a sensação de que ele pode levar uma vida feliz adquirindo riqueza e posição de autoridade. Nem riqueza nem posição de autoridade podem conferir felicidade a você. A bem-aventurança só pode ser experimentada quando você visualiza a unidade na diversidade. Se você não entende o princípio da unidade e alcança a bem-aventurança, todas as atividades de serviço como a construção de hospitais serão de pouca importância. Todos que trabalham em um hospital, sejam médicos, enfermeiros, paramédicos ou técnicos, devem ter o espírito de unidade. Este hospital demonstra o ideal de unidade. Todos os funcionários deste hospital trabalham com o sentimento de que pertencem a uma família. (Discurso Divino, 22 de agosto de 2000)

Sri Sathya Sai Baba

20 de janeiro de 2021

Sri Krishna explicou na Gita que a tristeza é fruto de rajo guna (qualidade da atividade apaixonada). Ele também mostrou que só pode ser feliz a pessoa que reconhece essa verdade e remove rajo e tamo guna (as qualidades da preguiça e da inércia) do coração. Como o homem tem todas as três gunas em seu coração, ele está amarrado. Um fazendeiro que quer fazer um cultivo no campo, no início, tem que remover as ervas daninhas de seu campo. Se diferentes tipos de ervas daninhas crescerem, a plantação será afetada negativamente. Remover as ervas daninhas é uma pré-condição essencial para obter uma boa colheita. Da mesma forma, um sadhaka (aspirante espiritual) que quer ter a percepção do 'atmananda' (a alegria do Atma), tem que remover do coração as várias manifestações de rajo e tamo gunas sob a forma de malícia, desejo, ganância, raiva, ódio e ciúme. Estes seis tipos de inimigos do homem são os filhos de rajo e tamo gunas. Não seremos capazes de experimentar a alegria do Atma (alma individual) enquanto essas ervas daninhas estiverem lá. (Discurso Divino, 12 de setembro de 1984)

Sri Sathya Sai Baba

21 de janeiro de 2021

Se convidarmos uma grande personalidade, como um santo ou uma pessoa erudita para nossa casa, alguns preparativos terão que ser feitos em casa, para torná-la apresentável. Temos que limpar a casa e os arredores antes que o convidado chegue. Uma casa que não é limpa carece de sacralidade e pessoas importantes não iriam a esses lugares. Da mesma forma, se convidássemos um ministro ou governador para nossa aldeia, limparíamos a estrada e iríamos decorar o caminho e manteríamos tudo pronto e adequado para receber o eminente visitante. Se tomamos tanto cuidado e precaução quando convidamos uma pessoa que tem apenas uma posição temporária, quão mais limpo devemos manter nosso coração quando convidamos o próprio Criador e Protetor do mundo para entrar! Krishna disse: "Arjuna, você está Me levando como o cocheiro de sua carruagem. Leve-Me como o cocheiro da sua vida. O assento em que estou sentado nesta carruagem é muito limpo e bem decorado. Pense quão limpo e quão digno seu coração deve ser para torná-lo um assento para Mim, se Eu Me tornar o cocheiro do seu coração.” (Discurso Divino, 12 de setembro de 1984)

Sri Sathya Sai Baba

22 de janeiro de 2021

Os (primeiros seis dos nove) passos na peregrinação do homem em direção a Deus ao longo do caminho da dedicação e da rendição são: (1) Desenvolver o desejo de escutar a glória e a grandeza da obra de Deus e das diversas manifestações inspiradoras da Divindade. É ouvindo sobre o Senhor de novo e de novo, que podemos nos transformar no Divino. (2) Cantar para si mesmo sobre o Senhor, em louvor à Sua magnificência e múltiplas façanhas. (3) Receber o Senhor como morador na mente, desfrutando da contemplação de Sua beleza, majestade e compaixão. (4) Aprofundar na adoração do Senhor, concentrando-se em honrar os pés ou pegadas. (5) Isso se desenvolve em uma conciliação total do Senhor e numa adoração ritualística sistemática, na qual o aspirante obtém satisfação e inspiração interiores. (6) O aspirante começa a ver a Forma favorita de Deus, que a pessoa gosta de adorar, em todos os seres e todos os objetos, onde quer que se vire e assim desenvolve uma atitude de Vandana (reverência) em relação à natureza e toda a vida!  - Discurso Divino, 19 de fevereiro de 1970.

Sri Sathya Sai Baba

23 de janeiro de 2021

Estabelecido nesta disposição de espírito (de ver o Senhor em todos), o devoto se torna o servo devotado de todos, sem nenhum sentimento de superioridade ou inferioridade. Este é um passo vital (7), que prevê grande sucesso espiritual. (8) Isso leva o buscador tão perto do Senhor que ele se sente como o camarada e amigo, aquele que compartilha o poder e misericórdia de Deus, os triunfos e conquistas de Deus, a pessoa se torna Seu sakha como Arjuna se tornou. (9) Como se pode deduzir, este é o prelúdio para o passo final da rendição total, ou Atmanivedanam, submetendo-se plenamente à Vontade do Senhor que o buscador conhece através da própria intuição purificada. Você notará que o sétimo passo é dasyam (o estágio de servo). Essa é a etapa do serviço, que toda pessoa que se chama de assistente social, ou voluntária, ou sevak tem que alcançar. É mais frutífero do que recitar o Nome ou contar as contas do japamala, ou passar horas em meditação, embora o serviço seja mais rico e satisfatório se feito com base na disciplina espiritual. (Discurso Divino, 19 de fevereiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

24 de janeiro de 2021

Um dos primeiros princípios da vida correta é: Praticar o silêncio. Pois, a voz de Deus só pode ser ouvida na região do seu coração quando a língua está aquietada. Então a tempestade está parada e as ondas estão calmas. Não haverá nenhuma tentação para os outros gritarem quando você falar com eles em sussurros. Defina o nível de tom você mesmo: O mais baixo possível, tão alto quanto necessário para alcançar o limite mais externo do círculo que você está abordando. Preserve o som, já que é o tesouro do elemento espaço (Akasha), uma emanação do próprio Deus. A razão só pode prevalecer quando os argumentos são avançados sem o chicoteamento do som. O silêncio é o discurso do buscador espiritual. Fala suave e doce é a expressão do amor genuíno. O ódio dá gritos de terror, o medo dá gritos estridentes e a presunção soa como uma trombeta. Mas o amor canta canções de ninar; ele acalma e aplica bálsamo. Pratique o vocabulário do amor; desaprenda a linguagem do ódio e do desprezo! (Discurso Divino, 19 de fevereiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

25 de janeiro de 2021

O Senhor agora é adorado oferecendo a Ele todas as coisas que você deseja, tratando-O com toda a honra que você gosta que seja feita a você mesmo. A imagem é banhada e lavada, enfeitada com joias, alimentada e abanada, cercada de fragrâncias, etc., já que essas são coisas que você deseja. Mas, o Senhor só fica satisfeito quando você faz as coisas que o Senhor deseja! De que outra forma então você pode obter Sua Graça? De que outra forma senão cuidando e nutrindo, socorrendo e salvando Seus filhos? De que outra forma senão ajudando-os a ter a profunda percepção Dele, como seu Senhor e Guardião, e cultivando a fé Nele, através de sua própria vida correta e sincera! Você deve considerar todos como os membros do seu próprio corpo, e assim como você tenta curar qualquer contusão ou ferida em qualquer membro o mais rápido e eficientemente possível, você deve curar as aflições e dores dos outros com o melhor de sua capacidade e até onde seus meios permitirem! (Discurso Divino, 19 de fevereiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

26 de janeiro de 2021

Encha o reservatório com água; então, quando você abrir a torneira, os baldes estarão cheios. Cultivem o amor e a devoção; então, suas atividades serão saturadas de compaixão e caridade, e eles produzirão a colheita dourada de alegria e paz. A água deve ser pura; o amor deve ser altruísta e universal. Você mesmo pode julgar se seu amor é estreito ou amplo, se sua devoção é superficial ou profunda. Está satisfeito com suas conquistas? Examine você mesmo, pronuncie o veredito sobre si mesmo, através de seu próprio discernimento. A pureza do motivo é a melhor garantia de que você terá paz. Uma consciência inquieta é um companheiro atormentador. A ação correta não deixará efeitos ruins para perturbar seu sono ou sua saúde. Se houver retidão no coração, haverá beleza no caráter; Se houver beleza no caráter, haverá harmonia no lar. Quando houver harmonia no lar, haverá ordem na nação. Quando houver ordem na nação, haverá paz no mundo. (Discurso Divino, 13 de janeiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

27 de janeiro de 2021

O grande mal que mina as unidades desta Organização é o orgulho e o ciúme que ela engendra. Quando uma pessoa exala o orgulho de que só ela pode cantar bem os bhajans no grupo, naturalmente os outros desenvolvem raiva, ciúme, ódio, maldade e outros traços tão deletérios. O orgulho espiritual é o mais venenoso de todas as variedades de orgulho, cega e leva a pessoa que sofre desse mal à ruína. Cuidado com o orgulho; esteja sempre ciente de que vocês são apenas instrumentos da Minha Divina Missão de Restabelecimento da Retidão (Dharmasthapana). Tentem ser cada vez mais eficientes como tais instrumentos. A Mão que manuseia o instrumento sabe como e quando ele deve ser aplicado! Sejam corretos; evitem todos os preconceitos contra os outros com base na casta, credo, cor, modo de adoração, status ou grau de riqueza. Só o amor pode arrancar do coração a erva daninha do orgulho. Amem a todos, como as muitas formas de Deus aparecendo em vários papéis. (Discurso Divino, 13 de janeiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

28 de janeiro de 2021

Em muitos países e comunidades humanas, temos apenas uma fé, um caminho, um objeto de adoração, uma forma de veneração, que fincou raízes e deu frutos. Essa fé pode ser local (nativa) ou importada, mas as pessoas nessas regiões aprenderam a assimilá-la e são alérgicas a outras. Na Índia, por outro lado, existem, há séculos, muitas crenças e muitos caminhos, refletindo todos os impulsos do homem que o levam para dentro e para o alto. Assim, existem múltiplas alternativas a partir das quais o homem pode escolher aquela que se adequa ao seu estágio de crescimento espiritual e, com os pés firmes nesse degrau, ele pode elevar-se a alturas maiores. A cultura indiana é como o oceano, que tem nele as águas de todos os rios, de todas as terras, das nuvens que vagam por todos os continentes. O oceano, que é a fonte e o objetivo de todos os rios, é o leito em que Vishnu descansa! É por isso que Vishnu é o Deus que simboliza o aspecto universal do Princípio Divino no Universo, bem como além Dele. (Discurso Divino, 14 de janeiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

29 de janeiro de 2021

Você não pode se sentir revigorado e bem disposto, vestindo uma camiseta sob uma camisa não lavada; ou, uma camiseta não lavada sob uma camisa lavada. Ambas têm que estar limpas para proporcionar a sensação de viva alegria. Assim também, tanto a limpeza externa como a interna devem ser buscadas e alcançadas. Na realidade, a limpeza externa é apenas o reflexo da conquista interior. Há um estranho brilho no rosto de uma pessoa sem malícia. A limpeza interna tem seu próprio sabão e água - o sabão da fé forte e a água da prática constante. O verdadeiro aspirante terá uma atitude reverente em relação ao dever ao qual ele está vinculado. Ele realizará todas as tarefas atribuídas a ele como se fosse um ato de adoração pelo qual o Senhor ficará satisfeito, através do qual ele pode se aproximar do Pedestal de Deus. O Dever é Deus; o Trabalho é adoração - esse é o lema. Adoração não é um uniforme para ser colocado e retirado em determinadas horas do dia. (Discurso Divino, 19 de fevereiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

30 de janeiro de 2021

As boas ideias devem ser aceitas e as ruins evitadas. Cada ideia tem que ser julgada na Suprema Corte de Viveka (Sabedoria). E a decisão tem que ser tratada como inviolável. É neste contexto que temos que nos lembrar da oração de Gandhiji, Sabko sanmati de Bhagwan - "Ó Deus, conceda a compreensão correta sobre tudo". Mais uma vez, o indivíduo nascido no lago da sociedade deve nadar e flutuar nas águas calmas, e, se juntando ao rio do progresso, fundir-se no oceano da graça. O homem tem que passar da postura de "Eu" para a posição de "Nós"; hoje, vemos apenas a dança selvagem de indivíduos egocêntricos, que odeiam a sociedade e se comportam de forma muito antissocial. A água flui de um nível mais alto para os níveis mais baixos. A Graça de Deus também é assim. Ela flui para aqueles que se inclinam com humildade. Então, desista do ego, supere o ciúme e cultive o amor. (Discurso Divino, 30 de março de 1973)

Sri Sathya Sai Baba

31 de janeiro de 2021

Traduza cada pensamento em uma flor, digna de ser segurada em Seus dedos; traduza cada ato em uma fruta, cheia do suco doce do amor, apta a ser colocada em Sua mão; e torne cada lágrima sagrada e pura, apta a lavar Seus pés de lótus. O símbolo na bandeira em Prashanti Nilayam é um lembrete deste ideal, que você deve colocar em prática. É o símbolo da vitória, alcançada pelo esforço firme de vencer os inimigos diabólicos da luxúria e da ganância, da inveja e do ódio, da maldade e da presunção. É o símbolo do estado silencioso da Suprema Bem-aventurança, conquistada através do autocontrole e da autopercepção de sua divindade. Não julgue os outros, para decidir se eles merecem seu serviço. Descubra apenas se eles estão angustiados; isso é credencial suficiente. Não examine como eles se comportam em relação aos outros; eles podem certamente ser transformados pelo Amor. O Seva (Serviço) é para você tão sagrado quanto um voto, um sadhana, um caminho espiritual. (Discurso Divino, 19 de fevereiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

Mídias Sociais

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Spotify ícone social

© © 2016-2021 Organização Internacional Sri Sathya Sai do Brasil. Todos os direitos reservados.