Pensamento para o dia - fevereiro 2021

1° de fevereiro de 2021

A vida é como uma viagem de trem. Crianças pequenas têm um longo caminho a percorrer, mas os anciãos têm que descer do trem muito em breve. Vocês precisam aprender a tornar sua jornada confortável e feliz. Não levem bagagem pesada e desnecessária com vocês. Isso tornará a viagem ruim. Não se entreguem a procurar erros e a brigar com os outros. Não desejem ter as melhores coisas só para vocês. Compartilhem com os outros ao seu redor as coisas boas que lhe são dadas. Raiva, ódio, inveja, ciúmes - estas são a bagagem pesada que eu pedi para vocês evitarem de carregar consigo na viagem. Devo dar aos anciãos e aos pais alguns conselhos. Não deem maus exemplos para essas crianças seguirem. Se você é verdadeiro, justo, calmo sob provocação e cheio de amor em todas as suas relações com os outros, então as crianças também crescerão em Sathya (verdade), Dharma (retidão), Shanti (paz) e Prema (amor). (Discurso Divino, 6 de janeiro de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

2 de fevereiro de 2021

Você está se referindo ao dom da comida como Anna-dana (caridade de comida). Mas ninguém tem autoridade para doar em caridade o que foi dado por Deus ou ter orgulho disso ou mesmo sentir que deu algo em caridade. Deus deu chuvas, Deus favoreceu a muda e Deus amadureceu os grãos; que direito você tem de chamá-los de seu e doá-los em caridade? Não é dana (caridade) que você faz; você está apenas oferecendo gratidão a Deus; você está santificando os grãos que você colheu oferecendo os alimentos preparados a partir deles para esses Narayanas (Deuses em forma humana). Chame isso de Narayana Seva! Isso será mais correto. De qualquer forma, já que você está fazendo isso com amor e humildade, no espírito de adoração divina, Eu vim para abençoá-lo. Não lance toda a responsabilidade sobre um comitê ou um grupo de entusiastas; junte-se a eles de todo coração e ofereça-se para compartilhar o fardo. (Discurso Divino, 28 de janeiro de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

3 de fevereiro de 2021

Aprenda lições do Sol, da Lua, das nuvens, do mar - todos são grandes professores que nos mostram a primordial importância de desempenhar seu dever, sem reclamar. As árvores distribuem seus frutos e sua sombra para todos, mesmo para aqueles que usam o machado com a intenção de destruí-las! Montanhas sofrem calor, chuva e tempestade sem objeções e estão mergulhadas em meditação por séculos. As aves não acumulam por anos os recursos para comida ou abrigo; elas não lamentam por não esbanjarem afeto sobre sua descendência mais do que é absolutamente necessário para sua sobrevivência. A Natureza (Prakriti) é sua escola, seu laboratório, a porta de entrada para a libertação e o panorama da cópia da majestade de Deus. Procure conhecer as lições que ela está pronta para ensinar; todas as coisas na Natureza são tão divinas (Brahman) quanto você! Então, qualquer ato é Divino; qualquer obra é adoração Divina. Construa a mansão de sua vida sobre a forte base da fé de que tudo isso é Brahman. (Discurso Divino, 4 de outubro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

4 de fevereiro de 2021

Se você disser ao seu filho, quando você realmente está em casa, para responder ao telefone dizendo ‘o papai não está em casa’, você está semeando uma semente venenosa, que se tornará uma árvore enorme. Os pais dão maus exemplos de falsidade, ofendendo os outros, jogando, bebendo, se comportando violentamente, infligindo ferimentos, tornando-se viciados em boates, filmes e festas com bebidas, e brigando em casa depois de chegar após a meia-noite. Como é que as crianças, acostumadas a visões e sons tão baixos, podem aprender a se tornar flores perfumadas e frescas do Jardim Sanatana (eterno) da Índia? Muitos desses pais não permitem que seus filhos participem das aulas de Bal Vikas (Educação Espiritual), ou frequentem bhajans (canções devocionais) e satsangs (associação com os bons). Eles dizem que a religião e Deus são apenas para preguiçosos ou velhos senis, e que esse caminho os levará à sanyas (mendicância), que é uma calamidade a ser evitada! Eles invertem os próprios valores da vida. Os pais devem corrigir a si mesmos antes de tentar corrigir seus filhos. (Discurso Divino, 6 de janeiro de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

5 de fevereiro de 2021

Você se senta diante da imagem, acende o incenso e oferece louvor enquanto você faz a adoração, mas você não tenta entender o significado do Divino que você vê na imagem. Indague a vontade de Deus, descubra os comandos de Deus, adivinhe o que mais O agradará, e regule sua vida de acordo. Não fique preso nos emaranhados pegajosos da Natureza exterior. Não endureça seu coração através da ganância e ódio. Amoleça-o com o Amor. Limpe-o através de hábitos puros de viver e pensar. Use-o como santuário, onde você instala seu Deus. Seja feliz por ter dentro de você a fonte de poder, sabedoria e alegria. Anuncie que você é invencível e livre, que você não pode ser tentado ou convencido sob medo a fazer o errado. Enquanto um traço de consciência de que "eu-sou-o-corpo" persistir em você, você mesmo tem que procurar por Deus; você é que tem que se aproximar do espelho, o espelho não vai se mover em sua direção, para mostrar a você, como você realmente é! (Discurso Divino, 14 de janeiro de 1970)

Sri Sathya Sai Baba

6 de fevereiro de 2021

Ao tentar tirar o melhor dos dons da natureza, você deve primeiro estar munido de humildade e simplicidade; caso contrário, você só será arrastado para a ruína, através de muitos desejos não realizados. Ravana desejava a Natureza (Mãe Sita foi encontrada quando criança em um sulco de terra arada), mas ele não tinha se purificado o suficiente através do sadhana de buscar Deus; é por isso que ele conheceu sua queda. O desejo leva à raiva, quando é frustrado; raiva enfraquece o corpo. Prejudica o sistema digestivo e conduz a pessoa rapidamente à velhice. Lembre-se, quando Prema (Amor Divino altruísta) é instalado no coração, o ciúme, o ódio e a inverdade não encontrarão lugar ali. Não busque Prema dos outros quando você recusa Prema para os outros. Isto não é tráfego de mão única! Viver em Prema, viver com Prema, se mover com Prema, falar com Prema, pensar com Prema e agir com Prema. Este é o melhor e mais frutífero Sadhana (esforço espiritual). (Discurso Divino, 30 de março de 1973)

Sri Sathya Sai Baba

7 de fevereiro de 2021

Nossa cultura tem sustentado a força da mente e a pureza do pensamento, que se traduzem em resoluções e desejos benéficos, como os requisitos essenciais de um ser humano evolutivo. O mistério e o esplendor de Deus só podem ser compreendidos por uma mente pura e uma visão clara. É por isso que o Senhor concedeu um novo olho para Arjuna para que ele não pudesse ser confundido por Sua Glória. Uma resolução adotada pela mente é como uma pedra jogada em um lago. Produz ondulações que afetam toda a superfície e perturba a equanimidade. Um mau pensamento profana o indivíduo, bem como a comunidade. A desgraça é contagiosa; sua impureza pode poluir também. Uma boa resolução (sankalpa) cria uma série de tais pensamentos, cada um contribuindo com sua cota para o processo de purificação e fortalecimento. A cultura bharatiya (da Índia) insiste na pureza de sankalpa porque, como uma flor perfumada na mão, ela espalhará sua influência benéfica sobre os outros e através dos outros! (Discurso Divino, 30 de março de 1973)

Sri Sathya Sai Baba

8 de fevereiro de 2021

A educação não deve ser considerada como um processo de encher um saco vazio e depois derramar para fora seu conteúdo, deixando seu saco vazio novamente. Não é a cabeça que tem que ser preenchida através da educação, é o coração que tem que ser purificado, expandido e iluminado. Educação é para a vida, não um meio de vida. A marca do homem educado é a humildade, ciente de que ele não foi capaz de conhecer o vasto desconhecido que ainda está para ser explorado. O homem educado deve perceber que ele tem mais obrigações do que privilégios, mais deveres do que direitos. Ele deve servir a sociedade em meio à qual ele está colocado e a herança que lhe foi entregue pelos antepassados. Ele deve ter prazer em servir e não desejar dominar. Pois, o serviço é divino; o serviço faz a vida valer a pena. O serviço é a melhor maneira de usar suas habilidades, inteligência, força e recursos. (Discurso Divino, 01 de abril de 1973)

Sri Sathya Sai Baba

9 de fevereiro de 2021

O homem se orgulha de saber tudo, mas quando perguntado sobre si mesmo, ele abaixa a cabeça envergonhado. O homem conhece as notícias de todas as terras, mas ele ignora o incômodo que é para si mesmo e para os outros. Ele está se movendo na escuridão, mas ansiando por ananda (bem-aventurança). Ele não conhece os meios de alcançar ananda através da oração, do serviço altruísta, do estudo de textos espirituais, da meditação e do silêncio. Ele não tem fé de que ele é ananda e que ananda é sua própria natureza. Ele é extinguido pela calamidade; pois ele não tem força para resistir a esse golpe. A fé no Deus interior é o escudo mais resistente contra os golpes do destino. Ninhos laboriosamente construídos por pássaros são arrancados por tempestades; pétalas perfumadas de flores são derrubadas pela chuva. Derrota e vitória são os dois lados de uma mesma moeda! Quando você recebe uma, você tem que receber, quer queira quer não, a outra também! Tolerância, compaixão e virtude incorruptível são os três pilares de uma vida feliz. (Discurso Divino, abril de 1973)

Sri Sathya Sai Baba

10 de fevereiro de 2021

A oração para se obter algum benefício ou ganho não deve ser dirigida a Deus. Pois, significa que Deus espera até que se peça a Ele! Renda-se a Ele; Ele vai lidar com você do modo como Ele achar melhor e que seria o melhor para você. Deus não doa graça em proporção ao louvor que Ele recebe! Quando você reza por uma coisa de Deus, você corre o risco de condená-Lo, se por alguma razão a oração não é respondida do jeito que você queria que fosse, ou tão rápido quanto você queria que fosse! Essa contingência surge porque você sente que Deus é um estranho, ficando em algum paraíso ou lugar sagrado, longe de você. Deus está em você, Deus está em cada palavra sua, em cada ação e em cada pensamento. Fale, faça e pense como conviria a Ele. Faça o dever que Ele lhe atribuiu com o melhor de sua habilidade e para satisfação de sua consciência. Essa é a puja (adoração) mais gratificante. (Discurso Divino, abril de 1973)

Sri Sathya Sai Baba

11 de fevereiro de 2021

Você pode ter os melhores vegetais, você pode ser o cozinheiro mais capaz, mas se o recipiente de cobre em que você prepara a sopa de legumes não for estanhado, a mistura que você cozinhar será altamente venenosa! Então 'estanhe' seu coração com satya, dharma, shanti e prema (verdade, conduta correta, paz e amor divino), ele então se tornará um recipiente adequado para repetir o nome sagrado ou os símbolos sagrados, para a meditação, os votos religiosos, a peregrinação, a adoração ritualística e outros pratos que você prepara nele. É uma tarefa árdua: reformar suas tendências e o caráter. Pode-se estudar todos os livros-texto de prática espiritual, todas as escrituras e pode-se até dar palestras por horas sobre tudo isso; mas a pessoa incorrerá em erro quando a tentação vem afrontar. Assim como a terra que está seca, o coração pode parecer estar livre de qualquer cultura do mal, mas quando as primeiras chuvas caem, as sementes e raízes sob o solo transformam os resíduos em um tapete de vegetação verde! (Discurso Divino, 13 de janeiro de 1965)

Sri Sathya Sai Baba

12 de fevereiro de 2021

A lembrança do nome de Deus é o método de atravessar o oceano da vida mundana para esta era. Você pode duvidar se palavras tão pequenas como 'Rama', 'Sai' ou 'Krishna' podem levá-lo através do mar sem limites da vida mundana. As pessoas cruzam vastos oceanos em uma pequena balsa; elas são capazes de andar através de selvas escuras com uma pequena lâmpada em suas mãos. O Nome, mesmo o Pranava (Om), que é menor, tem vastas potencialidades. A balsa não precisa ser tão grande quanto o mar. A recitação do Nome é como a operação de perfuração para retirar água subterrânea; é como o golpe de cinzel que vai liberar a imagem de Deus aprisionada no mármore. Quebre o revestimento e o Senhor aparecerá; perfure o pilar, como Prahladha pediu que seu pai fizesse, e o Senhor, que está sempre lá, vai Se manifestar Ele mesmo. O Senhor é anandamaya (cheio de bem-aventurança); Ele também é ananda (bem-aventurança divina), que deve ser degustada através do Nome. Ele é Sat-Chit-Ananda (Ser – Consciência - Bem-aventurança Absoluta). (Discurso Divino, 13 de janeiro de 1965)

Sri Sathya Sai Baba

13 de fevereiro de 2021

O coração cheio de sattva guna (pureza) é o oceano de leite. A contemplação constante do Divino, seja como sua própria realidade ou como o ideal a ser alcançado, é a montanha Mandara plantada nele como uma vara de agitação [vara de bater o leite para fazer manteiga]. Vasuki, a serpente que foi enrolada em torno dela como uma corda, é o grupo de sentidos que emitem vapores venenosos durante o processo de agitação, quase assustando os demônios que seguravam a cabeça. A corda é segurada por impulsos bons e ruins e ambos lutam com o processo de agitação, ávidos por resultados. A graça de Deus é a Encarnação da Tartaruga, pois o próprio Senhor vem para o resgate assim que Ele toma conhecimento de que você está sinceramente buscando o segredo da Imortalidade. Ele vem, silenciosamente, sem ser observado, como a tartaruga fez, mantendo intacto o processo de manana (reflexão) e servindo como uma base constante de todas as práticas espirituais. Muitas coisas emergem da mente quando agitada, mas os sábios esperam pacientemente pelo aparecimento do avalista da Imortalidade, e aproveitam-no com avidez. (Discurso Divino, 13 de janeiro de 1965)

Sri Sathya Sai Baba

14 de fevereiro de 2021

O vidente não deve se prender ao que foi visto - essa é a maneira de se libertar. O contato dos sentidos com objetos desperta desejo e apego; isso leva ao esforço e ao júbilo ou desespero. Então, há medo de perda ou dor pelo fracasso e o trem das reações se alonga. Com muitas portas e janelas abertas a todos os ventos que sopram, como pode a chama da lâmpada dentro do aposento sobreviver? Essa lâmpada é a mente, que deve queimar constantemente sem ser afetada pelas demandas duais do mundo lá fora. A rendição completa ao Senhor é uma forma de fechar janelas e portas, pois, então, nessa postura de Sharanagati (rendição completa a Deus), você está desprovido de ego e, assim, você não é golpeado repetidamente por alegria ou tristeza. A rendição completa faz com que você extraia a graça do Senhor para enfrentar todas as crises em sua carreira e assim, torna-o heroico, mais robusto e melhor preparado para a batalha. (Discurso Divino, 13 de janeiro de 1965)

Sri Sathya Sai Baba

15 de fevereiro de 2021

Existem três tipos de mentes: (1) mentes como o algodão descaroçado, prontas para receber a centelha da mais alta sabedoria e prontas para desistir, num brilho instantâneo, da fraqueza e dos preconceitos de séculos, (2) mentes como madeira seca, que servem, mas só depois de algum tempo, e (3) mentes, como troncos verdes, que resistem ao ataque do fogo de jñana com toda sua força. Rebanhos de gado correm em direção a uma miragem para saciar sua sede, mas você deve ser mais sábio. Você tem discernimento (viveka), e renúncia (vairagya); você pode se desprender conscientemente de perseguições que você descobre como sendo deletérias. Sente-se quieto por alguns minutos e pondere sobre o destino daqueles que correm em direção à miragem. Eles são felizes? Eles têm a força para suportar a angústia e a discriminação com equanimidade? Eles têm um vislumbre da beleza, da verdade e da grandeza do Universo que é a manufatura de Deus?  (Discurso Divino, 13 de janeiro de 1965)

Sri Sathya Sai Baba

16 de fevereiro de 2021

Você deve cultivar uma atitude de apego inseparável ao Senhor, que é seu próprio eu. Se Ele é uma flor, você deve sentir-se uma abelha que suga seu mel; se Ele é uma árvore, seja uma trepadeira que se agarra a ela; mas se Ele é um penhasco, então sinta que você é uma cascata correndo sobre ele; e se Ele é o céu, seja uma estrela minúscula que brilha nele; acima de tudo, esteja consciente da verdade de que você e Ele estão ligados pelo Amor Supremo. Se você sentir isso profundamente, não com a inteligência bruta, mas com a inteligência sutil, então, a jornada será rápida e o objetivo pode ser alcançado. A inteligência bruta (sthula buddhi) mantém você andando, mas a inteligência sutil alça você para o destino. O bruto é muito pesado para o corpo; o sutil transcende o corpo e alivia o fardo! (Discurso Divino, 30 de janeiro de 1965)

Sri Sathya Sai Baba

17 de fevereiro de 2021

Peneire e separe o real do aparente. Olhe dentro do evento, procurando o núcleo, o significado. Estenda-se sobre sua realidade Átmica; você é puro, indestrutível e não afetado pelos altos e baixos da vida; você é realmente o verdadeiro, eterno, imutável Brahmam, a entidade que é tudo isso. Uma investigação de apenas cinco minutos vai convencê-lo de que você não é o corpo, sentidos, mente ou inteligência, nome ou forma, mas você é o mesmo Atma que aparece como toda essa variedade. Uma vez que você tenha um vislumbre desta verdade, segure-se a ela; não permita que ela escorregue. Faça disso sua posse permanente. Como primeiro passo para a aquisição desta sabedoria (viveka) e desprendimento (vairagya), entre a partir de agora em uma disciplina de Namasmarana - lembrança incessante de Deus através do Nome do Senhor. Todas as horas gastas em fofocas, assistindo esportes ou filmes, e em conversas vazias podem ser melhor utilizadas para a contemplação silenciosa do Nome e Forma - o esplendor do Senhor! (Discurso Divino, 30 de janeiro de 1965)

Sri Sathya Sai Baba

18 de fevereiro de 2021

Não é preciso procurar poder espiritual, dar a volta ao mundo e gastar muito dinheiro. Esteja em sua própria casa, desenvolva-o em si mesmo - tal poder espiritual está em Você! Você não tem que correr em busca dele aqui e ali. Deus não é externo, Deus não está fora de você, Deus está dentro de você. Você não é humano, você mesmo é Deus. E quando você for capaz de perceber isso e quando você for capaz de desenvolver o poder espiritual de dentro de você, então você verá Deus. Você está indo no caminho da consciência mundana. Quando você tomar o caminho da supraconsciência, você terá profunda percepção e você será capaz de ver a Verdade. A primeira coisa que você tem que fazer é desenvolver autoconfiança. São essas pessoas que não têm confiança em si mesmas que começam a vagar e hesitar, e tomam vários caminhos diferentes. (Discurso Divino, 28 de março de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

19 de fevereiro de 2021

Deus não pode ser identificado com um Nome e uma Forma. Ele é todos os Nomes e todas as Formas. Todos os nomes são Dele; todas as formas são Dele. Os nomes de vocês também são Dele, vocês são Suas Formas. Vocês aparecem como corpos individuais separados porque o olho que os vê procura apenas corpos, o envoltório exterior. Quando vocês esclarecem e santificam sua visão e olham para eles através do olho átmico, o olho que penetra até atrás do físico (com todos os seus atributos e acessórios), então vocês verão os outros como ondas no oceano do Absoluto, como as "mil cabeças, os mil olhos, os mil pés" do Virat Purusha  (Pessoa Soberana Suprema) cantada no Rigveda. Esforcem-se para ganhar essa Visão e saturar-se com essa Bem-aventurança. (Divino Discurso, 01 de abril de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

20 de fevereiro de 2021

Quando você leva seu corpo para lugares diferentes, e quando você vai caminhando sem rumo, a mente também vai para lugares diferentes. Se o corpo está se movendo o tempo todo, então a mente também está se movendo. Se você tiver um recipiente cheio de água, se o recipiente estiver continuamente sendo agitado, então o conteúdo estará continuamente agitado também. Portanto, não devemos continuar movendo nosso corpo e membros de um jeito sem rumo; esta é uma parte muito fundamental de nossa prática de meditação. Devemos sentar quietos e o corpo deve ficar firme. Por que pedimos às pessoas que se sentem com a coluna ereta e fiquem em silêncio na meditação? Porque quando o corpo está reto e silencioso, a mente dentro também é reta e silenciosa. Se você não pode controlar seu corpo, como você pode controlar sua mente? A primeira coisa é controlar seu corpo estabilizando todos os membros e órgãos corporais. O fundamento para a mente que fica vagando é que seu corpo físico também está constantemente vagando. Então primeiro desista disso. (Discurso Divino, 28 de março de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

21 de fevereiro de 2021

O que é necessário é ter consciência do jogo maldoso que a mente joga. Ela apresenta diante de sua atenção uma fonte após a outra de prazer temporário; ela não permite qualquer intervalo para você pesar os prós e contras. Quando a fome por comida é apaziguada, ela segura diante dos olhos a atração de um filme, lembra o ouvido do charme da música, e cria água na boca ansiando pelo gosto agradável de algo que deseja. O desejo torna-se rapidamente um anseio por ação, o anseio logo reúne força e a aspiração se torna incontrolável. O fardo dos desejos gradualmente se torna muito pesado e o homem fica desanimado e triste. Treine a mente para ela se voltar para a inteligência dirigida para a inspiração e a orientação, não para os sentidos em busca de aventuras e conquistas! Isso a tornará um instrumento para reduzir seus caprichos e economizar tempo e energia para assuntos mais vitais! Através de sadhana contínuo e consistente, o homem pode controlar os caprichos da mente os quais, por sua variedade e vaidade, causam decepção e angústia. (Discurso Divino, 01 de abril de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

22 de fevereiro de 2021

Há milhares de grupos de canto devocional (Bhajana Mandalis), sob os auspícios dos Centros Sathya Sai ativos em todo o mundo. Eles realizam sessões de bhajans por cerca de uma hora, uma ou duas vezes por semana, e se separam depois disso. Eles cantam a glória de Deus, sob vários nomes e formas, e ficam exultantes com essa experiência. O propósito das orações em voz alta e congregacionais é diferente das orações individuais silenciosas. É um esforço conjunto, combinado e mutuamente útil de prática espiritual (sadhana) para superar os seis inimigos internos do homem - luxúria, raiva, ganância, apego, presunção e ódio. Esses pássaros noturnos infestam a árvore da vida e sujam o coração onde constroem seus ninhos. Quando cantamos em voz alta a Glória de Deus, o coração é iluminado e eles não conseguem suportar a luz. Além disso, a voz que se eleva de muitas gargantas os assusta e eles voam para longe. (Discurso Divino, 01 de abril de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

23 de fevereiro de 2021

Todos devem respeitar todos os outros como seus próprios parentes, tendo a mesma Centelha Divina e a mesma Natureza Divina. Então, haverá produção eficaz, consumo econômico e distribuição equitativa, resultando em paz e promoção do amor. Atualmente o amor baseado na Divindade Inata está ausente e, assim, há exploração, engano, ganância e crueldade. Se o homem se conscientizar de que todos os homens são "células" no corpo Divino, então não haverá mais "desvalorização" do homem. O homem é um diamante; mas, agora é tratado pelos outros e por si mesmo como um pedaço de vidro! O homem só pode compreender sua missão na Terra quando ele se reconhecer como Divino e quando reverenciar a todos os outros como Divinos. E o homem tem que adorar a Deus na forma do Homem. Deus aparece diante dele como um mendigo cego, um imbecil, um leproso, uma criança, um velho decrépito, um criminoso ou um louco. Até mesmo por trás desses véus, você deve ver a personificação divina do amor, poder e sabedoria, o Sai, e cultuá-Lo através do serviço altruísta. (Discurso Divino, 01 de abril de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

24 de fevereiro de 2021

Muitas pessoas pensam que concentração é o mesmo que meditação, mas não existe essa conexão. Preste bem atenção a isto: agora estou lendo um jornal. Meus olhos estão olhando para as letras. Minha mão está segurando o papel. Minha inteligência está pensando agora. A mente também está pensando. Assim, quando os olhos estão fazendo seu trabalho, a mão está fazendo seu trabalho, a inteligência está fazendo seu trabalho e a mente também está fazendo seu trabalho; é assim que eu sou capaz de receber o conteúdo do jornal. Significa que, se eu quero receber o conteúdo do jornal, todos esses sentidos enumerados estão concentrados e todos eles estão coordenados e estão trabalhando sobre o jornal. Todas as rotinas normais, como caminhar, falar, ler, escrever, comer, etc. são possíveis como resultado da concentração. Muitos têm a falsa impressão de que a concentração é idêntica à meditação e eles tomam um caminho errado! Concentração é algo abaixo de seus sentidos, enquanto meditação é algo acima de seus sentidos. (Discurso Divino, 28 de março de 1975)

Sri Sathya Sai Baba

25 de fevereiro de 2021

A causa de todos os problemas, confusão e tumulto é o fato de que perdemos o domínio sobre nossos sentidos. Deixando os sentidos livres e desregulados, não seremos capazes de discernir adequadamente e pensar friamente, com calma e racionalidade. Assim, muitas vezes somos enganados em direção a ações erradas. Em nossas vidas diárias, sabemos que, quando ficamos com raiva, nossos nervos ficam fracos e frágeis, e perdemos o controle sobre nós mesmos. Apenas um momento de raiva tira a força que reunimos comendo boa comida durante três meses. A raiva não só nos debilita, como tira o mérito de nossas boas ações e também enfraquece nosso estado de saúde. A raiva é como um agente tóxico. Internamente, nos induz a fazer coisas erradas. A raiva nos leva a cometer todos os outros pecados. Esta é a fonte de todos os pecados. É um grande demônio. Se formos capazes de controlar a raiva, estaremos em posição de obter mérito através da repetição do Nome de Deus. (Cap. 17, Chuvas de Verão em Brindavan, 1972)

Sri Sathya Sai Baba

26 de fevereiro de 2021

O que quer que você faça (onde quer que você esteja), sinta que isso é solicitado por Swami e deixe que seja aceitável para Swami. Eu sou o destinatário de todos os seus esforços e tentativas! Por exemplo, o exército recruta lavadores para lavar e passar uniformes e roupas. Ele tem barbeiros e varredores na folha de pagamento; eles trabalham em campos e se movimentam com o pessoal militar. Eles podem estar envolvidos em diferentes tipos de trabalho, mas todos têm que passar por treinamento físico e exercícios, todos os dias. Assim também, um de vocês pode estar trabalhando em um escritório, outro em uma loja, ou na imprensa, mas todos devem se envolver em sadhana (prática espiritual) com devoção, disciplina e senso de dever. Não sinta que seu papel é mais baixo e o da outra pessoa é elevado. Não fique deprimido quando achar que seu papel é inferior; não se orgulhe quando descobrir que seu papel é importante. Dê o seu melhor para qualquer papel que seja atribuído a você. Essa é a maneira de ganhar a Graça!  (Discurso Divino, maio de 1981)

Sri Sathya Sai Baba

27 de fevereiro de 2021

Há cinco dedos em cada mão. Se cada dedo aponta para sua própria direção peculiar, como a mão pode segurar ou manipular qualquer objeto? Se eles se unirem e ficarem juntos, as mãos podem realizar qualquer coisa que planejem. Da mesma forma, quando um de vocês vira a cabeça para longe ao ver o outro, e dez pessoas insistem em dez direções diferentes, como pode ser feita qualquer ação? Todos devem estar igualmente alertas, ativos e cooperativos. Por que vocês têm que competir e brigar? Nada neste mundo pode durar assim por muito tempo. Buda analisou isso corretamente. Ele declarou: "Tudo é tristeza, tudo é transitório; todas essas coisas são apenas engenhocas temporárias de características efêmeras.” Por que vocês deveriam ficar irremediavelmente fascinados por essas coisas finitas? Esforcem-se para ganhar o eterno, o infinito, o universal. Um dia vocês têm que desistir do corpo que vocês alimentaram e cuidaram. Por quanto tempo vocês podem manter tudo o que ganharam e possuíram com orgulho?  (Discurso Divino, Maio de 1981)

Sri Sathya Sai Baba

28 de fevereiro de 2021

Não só na Índia, mas em várias partes do mundo, as pessoas estão se interessando pelo conhecimento e prática do yoga. Embora existam muitas escolas de yoga, a mais significativa é a Patanjali Yoga. Patanjali define o yoga como a regulação e o controle das tendências da mente. Sem controlar os sentidos, não podemos alcançar a felicidade em qualquer posição social e profissional ou em qualquer esforço. Se nós simplesmente liberarmos os nossos sentidos de forma selvagem, o resultado será tristeza e alegria. Hoje as pessoas não estão prestando a devida atenção ao controle de seus sentidos. Algumas pessoas estão sob o equívoco de que perdem a própria essência da vida se controlarem seus sentidos e negarem a si mesmas os prazeres dos sentidos. Isto é uma ideia errada. Não devemos pensar que estamos impedindo os sentidos de desempenhar suas funções. O real significado desse processo é que estamos direcionando e regulando os sentidos ao longo dos canais apropriados. Então poderemos desfrutar do verdadeiro prazer da mente e do verdadeiro prazer do espírito! (Cap.17, Chuvas de Verão em Brindavan, 1972)

Sri Sathya Sai Baba