COLESTEROL ALTO: QUAIS SÃO OS SINTOMAS E O QUE FAZER?

Coma apenas alimentos frescos. Não coma alimentos estragados que tenham sido preparados no dia anterior. O óleo é necessário para preparar os alimentos. Os médicos dizem que o excesso de óleo na comida dá origem ao colesterol. No entanto, o colesterol também é necessário até certo ponto. Portanto, não coma alimentos totalmente desprovidos de óleo. Coma alimentos balanceados.

Sathya Sai Baba (01/09/1996)

                O colesterol é uma gordura do organismo humano que possui funções muito importantes, como a formação dos hormônios esteroidais, dos ácidos biliares e da vitamina D. O problema é o seu excesso.

 

                O colesterol alto é um problema de saúde bastante comum que afeta pelo menos 52 milhões de brasileiros, mas quando seus níveis estão acima do recomendado? De acordo com a Diretriz Brasileira de Dislipidemia e Prevenção da Aterosclerose de 2017, os níveis desejáveis de colesterol total para adultos com mais de 20 anos são aqueles menores do que 190 mg/dL.

 

                Níveis altos de colesterol estão associados com doenças cardiovasculares potencialmente fatais, como o infarto agudo do miocárdio e o acidente vascular cerebral, e com doenças vasculares incapacitantes como a insuficiência vascular periférica.

 

                Junto com outros fatores de risco como excesso de peso, sedentarismo e uso de álcool e/ou cigarro, o colesterol alto torna-se ainda mais perigoso.

 

                Quais são os sintomas do colesterol alto? Em geral, o colesterol alto não dá sintomas. Em casos raros de colesterol muito alto, em geral de origem familiar, podem aparecer lesões de pele associadas ao colesterol alto, que são os xantomas, e anéis da cor cinza ao redor da córnea, também chamados de arcos senis, que estão ligados ao envelhecimento mas também podem aparecer em casos de colesterol alto.

 

                O que fazer em casos de colesterol alto? Converse com o seu médico a respeito do colesterol alto. Provavelmente, ele vai te recomendar a fazer uso de uma alimentação saudável com ênfase no consumo de grãos integrais, leguminosas, verduras, legumes, frutas, nozes, castanhas, sementes e gorduras saudáveis. Ele também deve te orientar a reduzir o consumo de proteínas e gorduras de origem animal (que possuem gordura saturada), reduzir o peso (se esse for o seu caso), começar ou continuar a fazer exercícios (pelo menos 20 minutos por dia, cinco ou mais vezes por semana), evitar o uso de cigarro e bebidas alcoólicas e realizar práticas diárias de controle do estresse, como a meditação, a oração ou o relaxamento muscular.

 

 

Referências:

 

Malta DC, Szwarcwald CL, Machado ÍE, Pereira CA, Figueiredo AW, Sá ACMGN, Velasquez-Melendez G, Santos FMD, Souza Junior PB, Stopa SR, Rosenfeld LG. Prevalence of altered total cholesterol and fractions in the Brazilian adult population: National Health Survey. Rev Bras Epidemiol. 2019 Oct 7;22Suppl 02(Suppl 02):E190005.SUPL.2.

https://www.scielo.br/j/rbepid/a/gxFK6KvfqFRPWJxwJKmhFqq/?format=pdf&lang=pt

 

Fleury. Xantoma e Xantelasma.

https://www.fleury.com.br/manual-de-doencas/xantoma-e-xantelasma

 

Nair PA, Patel CR, Ganjiwale JD, Diwan NG, Jivani NB. Xanthelasma Palpebrarum with Arcus Cornea: A Clinical and Biochemical Study. Indian J Dermatol. 2016;61(3):295-300.

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4885182/

 

Mayo Clinic. High cholesterol.

https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/high-blood-cholesterol/symptoms-causes/syc-20350800

 

NHS. How to lower your cholesterol.

https://www.nhs.uk/conditions/high-cholesterol/how-to-lower-your-cholesterol/

 

Faludi AA, Izar MCO, Saraiva JFK, Chacra APM, Bianco HT, Afiune Neto A et al. Atualização da Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose – 2017. Arq Bras Cardiol 2017; 109(2Supl.1):1-76.

http://publicacoes.cardiol.br/2014/diretrizes/2017/02_DIRETRIZ_DE_DISLIPIDEMIAS.pdf

Nota: Este artigo é apenas para sua informação e nenhum conselho é dado ou pretendido. Você deve consultar seu médico antes de fazer qualquer alteração em sua vida que possa afetar sua saúde.