Domingo, 24 de Julho de 2016

“Forme um satsang (companhia sagrada), onde se possa conhecer e trocar verdades e conversa virtuosa, onde se estuda livros e discursos sagrados sobre a glória de Deus. Por que desperdiçar tempo precioso em difamar e criticar o comportamento dos outros? Cultivar inveja, maldade, ódio e raiva contra os outros é um passatempo maligno que recai sobre si mesmo. Em todos reside a mesma centelha divina; assim, criticar os outros equivale a criticar a Divindade. O jogo da vida vale a pena ser jogado e se torna interessante apenas quando existem limites e regras que limitam e controlam. Imagine um jogo de futebol sem regras ou limites para o campo. Será o caos; ele será uma luta livre; será um tumulto. Ninguém pode dizer quem ganha e como. Retidão (Dharma) e Divindade (Brahma) são os limites do campo. As virtudes combatem as tendências viciosas. Jogue o jogo, prestando atenção às advertências de 'falta' e 'fora'! (Discurso Divino, Escola Secundária para Garotas de Anantapur, Dia Escolar, 1966) ”

Sathya Sai Baba


voltar ao início do conteúdo
voltar ao topo